Todos temos uma necessidade de se expressar, não importa como apenas precisamos. Tenho facilidade em me expressar escrevendo, mas confesso que ultimamente as minhas idéias andam meio confusas principalmente quando o assunto é você. Fico horas e horas pensando em como me expressar e sinceramente não consigo pensar em nada. Sabe, eu gosto do estrago que você faz em mim, gosto dessa sensação de ter você e ao mesmo tempo não ter. É masoquista isso eu sei, mas eu gosto. Porque quando a gente gosta, a gente cuida, a gente quer ver a pessoa bem, quer estar sempre presente. Cuida por simplesmente se importar ou por querer que a pessoa perceba a importância que ela tem na nossa vida.
Para alguém que talvez nunca irá ler. (via capacitadora)
Meu bem,
eu tenho o que eu preciso,
tenho você.
Fred Medeiros. (via construindoversos)
thelovelyseas:

Honus at Kua Bay by Flux Photography
arunaea:

untitled by ahanyoung on Flickr.
mudo.mp3

sempre o mesmo poeta
no silêncio da linha torta
no silêncio da paixao morta
no silêncio
que teu silêncio corta
no teu silêncio
que vai
no meu silêncio
que volta
sempre o mesmo poeta
se o verso
é o silêncio da voz
o que dirá esse silêncio
quando ele for tudo
que restar de nós?

Você sorri gostoso. Pergunta se também senti borboletas no estômago. Claro que sim. Comeria até baratas por você, exagero. Mas é sério mesmo. Você diz “ui, que nojo” rindo. Diz que gosta de mim, faço você rir. Merda. O relógio é tipo um assassino do amor. Você me diz pra não falar palavrões. É feio e minha boca é tão bonita. Entendo que minha roupa é tão bonita (essa jaqueta realmente me deixa foda). Não, não. Boca. Lábios. Eu beijo mais uma vez, aquecendo suas orelhinhas. Você diz que queria ficar mais tempo. Eu digo que vou ligar. Você diz que tudo bem, não precisa. Mas eu quero. Eu nunca sei o que fazer numa situação dessas. Quanto tempo espero antes de ligar? Vou embora alegre, pensando em você e bolando um jeito de não mais falar palavrões. Porque nunca mais quero ter de lavar a boca.
Gabito Nunes.  (via inconsumada)
teagangiffin:

Lily
(and my stupid finger)
teagangiffin:

Lily at Millie’s
teagangiffin:

Joey